Picpanzee logo Browse Instagram content with Picpanzee

@nandoreis

Nando Reis

nandoreis

Perfil do músico e compositor Nando Reis. Ouça a nova versão de “Onde Você Mora?” com @melimoficial nas principais plataformas digitais!

Total Likes 210.125
Average Likes 17.511
Total Comments 6.369
Average Comments 531
Alguém aqui vai dizer que esse governo é democrático?  #repost @midianinja: 'O Real Resiste', música e clipe do cantor e compositor Arnaldo Antunes (@arnaldo_antunes) foi censurado da grade de programação da TV Brasil, canal do governo federal. Lançado em novembro, a letra da cação fala e o vídeo clipe mostra cenas de violência policial e disseminação de preconceitos no Brasil.  O BuzzFeed News teve acesso a grade de programação interna do dia 23 de novembro, quando o programa Alto Falante, sobre Antunes, seria levado ao ar às 14h. Questionada pelo portal, a EBC, que controla a TV Brasil, confirmou que retirou o programa da grade, mas disse que a mudança ocorreu em cima da hora porque entraram flashes da final da Libertadores, em que jogaram Flamengo e River Plate no Peru.  Em nota feita por funcionários e que circula internamente na EBC, os empregados contam outra versão. "No lugar do Alto Falante, que é uma produção da Rede Minas, a TV Brasil passou o Hypershow, programa também produzido pela emissora pública mineira e que trata do universo cultural. Este é mais um episódio de censura na TV Brasil. Estão proibidas também menções a vereadora assassinada no Rio de Janeiro Marielle Franco e temas LGBTQ+". #censuranuncamais #arnaldoantunes #naoacensura
Está no ar a nova versão de “Onde Você Mora?”, agora revisitada junto com os queridos @melimoficial numa versão que ficou linda - e agora é do mundo. Escute na plataforma digital de sua preferência, assista ao clipe no YouTube, e depois nos conte o que achou!
“Onde Você Mora?” com @melimoficial: 00h00 nas plataformas digitais.
Sexta-feira vem ao mundo a nova versão de "Onde Você Mora" junto com os irmãos @melimoficial, e nem o vento se segurou quando a música começou a tocar ali no quintal de casa! Enquanto o lançamento não chega, aproveite pra conhecer a história dessa música e já fazer o seu pré-save (lembrando que todos que fizerem concorrem a um manuscrito autografado por nós quatro): links na bio!
3 de Dezembro é data nobre no meu calendário: dia do nascimento de Marcelo Fromer. É dia que passo com ele em pensamento, revivendo a longa história de nossa amizade, que mesmo sem sua presença, não cessa, não some, não perde sua força vital que está colada em minha memória. Mas hoje, quem está com a palavra é sua filha @alicefromer. Leiam esse texto lindo, abaixo: "Dezembro a dezembro  Um fenômeno estranho grudou em mim de uns tempos pra cá pra nunca mais desgarrar. Ele se dilata, esparge, esparrama por todo meu tempo-espaço, ser-estar. É sensação alma-corpo, atravessa víscera, órgão, terminação nervosa, artéria, cabeça, pé.  Costumo dizer que não muito me interessa contabilizar quantos anos faz que você morreu. Não porque me condói, mas tão somente porque não encontro sentido em ruminar a sucessão cada vez mais alongada desse número. Um único número, e só este, se me fulgura hoje: cinquenta e oito. Hoje você completaria seus 58 anos. É que a temporalidade da morte, de nosso ser-para-a-morte tão irrevogável, tem suas idiossincrasias. Quanto tempo o tempo tem? Dizia o outro, que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tem. Passa o tempo, passatempo, meio-tempo, contratempos… Tanta (a)ventura você não teria vivido no andar-correr deste(s) tantos três-de-dezembro(?) E voltando ao fenômeno estranho: ele brota já daí, de quando me debruço sobre a própria palavra “fenômeno”. Consigo rememorar com lucidez quase reluzente o quanto você se irritava com quem dizia “fenómeno” em vez de “fenômeno”; consigo recordar sua chegada em casa depois das aulas de tênis, suando em bica, correndo atrás de mim, já sabendo que eu ia correr do seu abraço ensopado. Lembro de quando pedia pra você chutar a bola no céu, daquele jeito que ela virava um pontinho branco lá no alto, - altura que meus olhos de sete anos de idade mal podiam vislumbrar. Me é tão lampejante a memória de quando íamos a restaurantes e você
Sobre tocar a bordo de um navio num domingo. #festivalmixonboard  Fotos: @marcoshermes
Oiê! Passando para lembrar que já está rolando o pré-save para a nova versão de “Onde Você Mora?” com @melimoficial! Ao fazer o pré-save, você automaticamente concorre ao sorteio de um manuscrito da música feito por mim e autografado por nós quatro! O link tá na minha bio e também nos stories, corre lá!  Foto: @carolsdsiqueira
Depois de receber a linda homenagem de @oanavitoria com o disco “N”, feito por elas com minhas canções, tenho a alegria de contar que na próxima sexta-feira, dia 06/12, lanço uma nova versão de “Onde Você Mora?” com @melimoficial! O link para o pré-save está na minha bio, e todo mundo que fizer o pré-save automaticamente concorre a um manuscrito da música escrito por mim e autografado por nós quatro!
Hoje à meia-noite estará no ar “N”, o disco lindo que essa dupla coisas-tão-mais-lindas-do-mundo @oanavitoria, gravou cantando apenas músicas de minha autoria. À elas, todo meu amor!
Bolsonaro editou uma Medida Provisória que isenta hotéis do pagamento de direitos autorais por músicas executadas nos quartos destes estabelecimentos.  A crise do setor hoteleiro não se deve ao pagamento devido dos direitos dos músicos, que não podem ser vítimas destes cortes. Apelidada de 'A Hora do Turismo', a MP visa estimular o turismo e a economia por meio de diversas ações, mas não podem ser feitas à custa dos artistas, retirando um direito instituído em lei.  A MP pode chegar a tirar da classe artística mais de R$110 milhões por ano, incluindo pequenos artistas, músicos e instrumentistas. A lei nº9.610/98, que regula esses direitos, *não é uma lei de incentivo*. Com a MP, o Brasil viola suas obrigações internacionais, podendo sofrer sanções comerciais pelo descumprimento do Acordo TRIPS, da Organização Mundial do Comércio – OMC.  Leia + https://bit.ly/2XQSHOI  #aps #apsunida #sosdireitosautorais #procuresaber @ProcureSaber 🔍
Se você pensava que "Só Posso Dizer" era uma dessas canções felizes de amor, pensou errado: escrevi em um domingo de pura tristeza, durante o período em que estive separado. Por sorte, ela fez parte do nosso processo de reaproximação... e para saber mais você vai ter que assistir ao vídeo de hoje, que já está no meu canal do YouTube! Corre lá!
Vou gravar mais um "Nando Reis(ponde)"para o canal do YouTube, e aí fica o questionamento: o que vocês gostariam de saber sobre mim? Mandem suas perguntas, dúvidas e aflições aqui nos comentários!